Abanassínia

A Abanassínia se localiza na costa do Novo Mar, que surgiu após o Primeiro Cataclisma, a grande catástrofe que se abateu sobre o mundo de Krynn e decretou o fim da Terceira Era. Uma das regiões mais pacíficas do planeta, as planícies da região não fazem parte de impérios ou nações – são livres como as numerosas tribos de bárbaros que nelas vivem.

Apesar de ser famosa pelas planícies de grama alta e trigo, a região não é totalmente desprovida de assentamentos urbanos. Algumas cidades-estados pontilham a costa e os pés das montanhas Kharolis, tirando sustento do rio Fúria-Branca e seus tributários, da agricultura e do artesanato local. Estes grupamentos são geralmente governados por um príncipe-mercador ou por um burgomestre ou nobre protetor. Os nativos da região são chamados de abanassínios.
Muitas das vilas e cidades locais foram destruídas durante a Guerra da Lança, o Segundo Cataclisma e o Expurgo dos Dragões. A sumo-senhora dracônica Berylinthranox conquistou grande parte desta região, que também ficou sob o domínio dos Cavaleiros Negros durante boa parte da 5a Era. Atualmente, a região retornou ao seu estado tradicional de independência fragmentada, mas mesmo assim, por conta destas recentes turbulências a presente situação demográfica da Abanassínia é, sem dúvida, de êxodo – mas não tão intenso quando se poderia imaginar. Grande parte da população preferiu ficar e reconstruir suas casas, e os moradores de Haven e Solace vêm trabalhando duro para reerguer suas cidades – as duas maiores da região.

Abanassínia

Forja do Futuro PedroSette